Faculdade Rudolf Steiner

Sobre o Grupo

A Proposta Pedagógica de Rudolf Steiner:
Contribuições para a educação contemporânea

Descrição

Debate atualizado sobre a Pedagogia Waldorf como contribuição para a educação contemporânea, para pesquisadores, docentes e educadores interessados na concepção de evolução humana segundo Rudolf Steiner.

Parceria nacional com a Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Grupo vinculado e certificado pelo CNPq

       

Linhas de Pesquisa

I Encontro

No dia 25 de setembro, às 16h, pela Plataforma Zoom, ocorreu o I Encontro do grupo de pesquisa A proposta pedagógica de Rudolf Steiner: contribuições para a educação contemporânea, certificado pelo CNPq e coordenado pelo Prof. Dr. Jonas Bach, da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UTM), com quem a Faculdade Rudolf Steiner estabeleceu parceria, a fim de compartilhar estudos, pesquisas e projetos.

No encontro, o Prof. Jonas proferiu palestra com o tema “O desafio da pesquisa sobre o legado de Rudolf Steiner:  reflexões, debates e atualização”. Apresentou biografia de Steiner, bem como suas interlocuções com pensadores da época. Assinalou a importância da pesquisa científica no século XXI no âmbito dos estudos de Steiner, bem como da documentação do que se faz na Pedagogia Waldorf, atividades e iniciativas muito importantes e fundamentadas, que, muitas vezes, caem no esquecimento por falta de registro.

Reconheceu que estamos em um momento em que há canais abertos para criar diálogos de pensamentos, de ideias, no mundo acadêmico, movimento impulsionado por Thomas Khun e por Edgard Morin. Mostrou que a Antroposofia oferece não apenas objetos de pesquisa, mas também formas de abordagem e metodologias que podem contribuir com novas pesquisas científicas.

Estavam presentes as cinco linhas que funcionam na FRS e a linha que funciona na UFTM, a saber:

As obras de Rudolf Steiner: cronologia e diálogos, sob coordenação de Marcelo Rito e Maria Florência Guglielmo;
Pesquisa e(m) ação: impulsos sociais e educacionais, sob coordenação de Melanie Gesa Mangels Guerra e Maria Auxiliadora Fontana Baseio;
Pé de DançaPedagogias da Dança e Antroposofia: estudos contemporâneos, sob coordenação de Juliana Klein, Luiza Banov e Renata Fernandes;
Brasilidades, sob coordenação de Glauce Kalisch, Luciana Sapia e Gabriela Francischinelli;
Educação na Primeira Infância: o desenvolvimento das linguagens na formação das crianças, sob coordenação de Rosemeire Laviano;
Fundamentos e Práticas da Pedagogia Waldorf, sob coordenação de Jonas Bach.

O evento ofereceu rica oportunidade para os investigadores de todas as linhas perceberem o sentido de participar nos processos investigativos, os significados de compartilhar problemáticas, experiências e conhecimentos, bem como a relevância de se colocar em movimento de descoberta. Foi um encontro para pontuar desafios e traçar perspectivas, como a organização de eventos científicos, projetos conjuntos, publicações e outras formas de fortalecer vínculos e saberes.

NUPES (Núcleo de Pesquisa)
Melanie Gesa Mangels Guerra (Diretora)
Maria do Carmo Lizarzaburu Abi-Sâmara (Coordenadora da pós-graduação)
Marcelo Rito (Coordenador da graduação)
Maria Auxiliadora Fontana Baseio (Organizadora do setor de Pesquisa)

Coordenação

Comitê de ética em Pesquisa

O Comitê de Ética em Pesquisa da Faculdade Rudolf Steiner é um colegiado interdisciplinar, multidisciplinar, independente, de caráter consultivo, deliberativo, normativo e educativo, que atua para defender os interesses dos sujeitos da pesquisa em sua integridade e dignidade, contribuindo para o desenvolvimento da investigação dentro de padrões éticos.

Sua composição e atribuições intencionam estar em consonância com as disposições oficiais, que estabelecem as diretrizes e normas reguladoras de pesquisa envolvendo seres humanos.

Seu propósito é apoiar a pesquisa de alunos e docentes vinculados aos cursos de graduação e de pós-graduação da FRS, revisando e acompanhando projetos e estudos que envolvem seres humanos e estimulando a reflexão em torno da ética na ciência.

Considerando o respeito à pluralidade e à multidisciplinaridade, tal como proposto na Resolução do Conselho Nacional de Saúde nº 466, de 12 de dezembro de 2012, tentou-se buscar a formação não corporativista da equipe, valorizando integrantes com especialidades distintas, envolvendo as áreas de saúde, ciências exatas, sociais e humanas, além da participação de representantes dos próprios usuários da Instituição, totalizando dez membros efetivos, dois deles externos.

Após intensas discussões iniciadas em 2020 e com auxílio de consultores externos, o Núcleo de Pesquisa e Extensão da FRS – NUPEX – decidiu pela formação de um Comitê de Ética que pudesse atender demandas internas. A nomeação dos membros do CEP foi feita por indicação do NUPEX e ratificada pela Diretora Geral da FRS, Melanie Mangels Guerra. O regulamento foi redigido, apresentado e aprovado pelo Conselho Superior – CONSUP – em 18 de março de 2021.

Em 31 de maio de 2021, na primeira reunião ordinária, o CEP-FRS elegeu, entre seus membros, um coordenador – Maria Auxiliadora Fontana Baseio – e um coordenador adjunto – Marcelo Rito -, bem como a Secretária – Carolini Crespilho dos Santos. O CEP-FRS iniciou suas atividades, organizando documentação interna para fluxo e análise dos protocolos de pesquisa que lhe serão apresentados, considerando a relevância social da pesquisa e ponderando benefícios, riscos e danos.

O CEP-FRS preconiza a autonomia dos indivíduos em participarem ou não da pesquisa, bem como dos grupos considerados vulneráveis, ou seja, pessoas ou grupos que, por quaisquer razões ou motivos, tenham a sua capacidade de autodeterminação reduzida ou impedida, ou de qualquer forma estejam impedidos de opor resistência, sobretudo no que se refere ao consentimento livre e esclarecido. Cabe ao CEP avaliar o conteúdo do termo de consentimento livre e esclarecido elaborado pelo pesquisador para que os participantes ou seus representantes legais possam manifestar-se de forma consciente. Compreendemos que a eticidade da pesquisa implica respeito ao participante em sua dignidade e autonomia, reconhecendo sua vulnerabilidade, assegurando sua vontade de contribuir e permanecer, ou não, na pesquisa, por intermédio de manifestação expressa, livre e esclarecida.

Ressalta-se a relevância do retorno dos resultados da pesquisa à sociedade, sendo intuito deste Comitê de Ética em Pesquisa constituir-se como órgão colaborador para o desenvolvimento da pesquisa de maneira ética, sem perder de vista o respeito aos valores humanos.

Membros do comitê de ética

Melanie G. Mangels Guerra – Diretora Geral da FRS
Maria Auxiliadora Fontana Baseio – Coordenadora
Marcelo Rito – Coordenador Adjunto e Coordenador da Graduação
Maria Do Carmo Lizarzaburu Abi-Sâmara – Coordenadora da Pós-Graduação
Carolini Crespilho Dos Santos – Secretaria
Allan Gonçalves Da Silva – representante docente
Lourdes Ana Pereira Silva – membro externo
Maria Florência Guglielmo – representante docente
Milena Jorge Simões Flória Lima Santos – Membro externo
Reinaldo Nascimento – Representante de usuários

Calendário de reuniões para 2021

30 de agosto
Data limite para submissão do Projeto de Pesquisa ao CEP: 30 de julho

25 de outubro
Data limite para submissão do Projeto de Pesquisa ao CEP: 25 de setembro

13 de dezembro
Data limite para submissão do Projeto de Pesquisa ao CEP: 13 de novembro

Documentos

Termo de conclusão da Pesquisa

Como submeter projeto ao CEP

Regulamento interno do comitê de ética em pesquisa.

Resolução nº 466, de 12 de dezembro de 2012.

Resolução nº 510, de 07 de abril de 2016.

Orientações Termo de consentimento livre esclarecido.

Ofício Circular nº 2 2021 – Orientações para procedimentos em pesquisas com qualquer etapa em ambiente virtual.

Modelo Termo de consentimento livre esclarecido FRS, de 06 de julho de 2021.